Black Clover - O Mago mais poderoso
/
3 Orfanato da Vila Hage
History
SUBSCRIBE
Sign out
Black Clover - O Mago mais poderoso
Author :Lucas_Deorum
© Webnovel

3 Orfanato da Vila Hage

Enquanto cainhava para fora da floresta, acabo me lembrando de um detalhe. A floresta é um local perfeito para se treinar, afinal nela haveria privacidade total. Assim poderia treinar meu controle de mana, os poderes da linhagem do rei demônio, Hiraishin e por fim, as magias do grimório que adquirirei em 1 mês.

Ao decidir isso, me aproximo da árvore mais próxima e coloco minha mão sobre ela. Ao controlar minha mana, consigo deixar a marca do Hiraishin, apesar de que foi um pouco problemático devido ao meu controle de mana horrível….

"Se eu não conseguir controlar minha mana, usar magia ou qualquer outra habilidade durante um combate será uma tarefa que vai beirar o impossível… Bem, de qualquer forma agora posso vir aqui sempre que eu quiser treinar!" - penso

Após deixar o selo na árvore, volto a andar para fora da floresta. Após um tempo caminhando, saio de dentro da floresta. Logo após sair, sigo andando até a vila…. Devido à distância entre a floresta e a vila, não levou mais que alguns minutos para chegar na vila.

Ao caminhar, apenas poderia observar meu entorno em curiosidade. Além do enorme crânio do demônio, outra coisa que me chamava a atenção era a torre do mago que estava a uma boa distância, a torre que guardava os grimórios…

"… Olhar para esta torre realmente me deixa curioso em relação ao meu Grimório… Ei Sistema, você saberia me dizer qual é o elemento e magias que grimório vai ter?" - Pergunto curioso

[Ding!… Não é possível responder. O grimório do Anfitrião não é algo que será concedido pelo sistema, mas algo adquirido desde mundo, então não é possível responder sua pergunta!]

Ouvir tal coisa apenas me deixava ainda mais curioso, mas apesar de estar curioso em relação ao meu grimório, sabia que nada podia ser feito, apenas poderia esperar 1 mês para descobrir.

Após caminhar por um tempo pela vila, me aproximo da igreja. Ao observá-la, me surpreendo um pouco, em alguns pontos da parede estavam sem tinta, mas tirando alguns rachaduras nos tijolos, a igreja parece ser um bom local para se morar. Ao me aproximar da porta…

"Bem, espero que possam me ajudar" - penso batendo levemente na porta

Ao bater à porta não demorou muito para eu receber uma resposta. A porta abriu-se revelando uma freira. Eu a conhecia, não pessoalmente, mas sabia quem ela era. A pessoa que havia aberto a porta era Lily!

"Boa tarde…" - Cumprimento com um pequeno sorriso

"Boa Tarde… Em que eu poderia ajudar?" - Pergunta Lily curiosa

Apesar de Lily ser a freira da igreja, não acho que seja adequado pedir para ela, afinal quem comanda o orfanato era o padre, ou seja, seria melhor primeiro conversar com ele sobre minha situação…

"Na verdade, eu gostaria de falar com o padre do orfanato! Será que você poderia me levar até ele?" - peço

"O padre? Não vejo nenhum problema, mas eu poderia saber o motivo da sua visita?" - pergunta Lily


"Isso… É meio complicado de se explicar" - falo

"Entendo!… Neste caso, por favor me siga!" - fala Lily

Eu apenas podia agradecer por ela não ter insistido no assunto, sinceramente ainda não pensei como explicar minha situação de uma forma que poderiam acreditar. Ao notar que Lily começou a andar, sigo logo atrás dela.

Enquanto a seguia, não podia deixar de observar a igreja e rir um pouco, era engraçado o fato de eu, alguém que possui a linhagem do rei demônio procurar abrigo em uma igreja. Após andar por um tempo, Lily para em frente a uma porta.

Quando Lily entra, percebo que era a sala do padre, pois o mesmo estava atrás da mesa lendo alguma coisa. Lily então se aproxima do padre…

"Padre, está pessoa pediu para se encontrar com você" - Fala Lily

"Oh? Me encontrar? Em que eu poderia lhe ajudar?" - Pergunta o Padre Orsi confuso

Antes de falar, percebo que Lily se despede e sai da sala, o que de certa forma seria melhor para mim. Agora qual seria a melhor forma de se pedir para viver neste orfanato? Explicar minha situação de uma forma em que ele acreditaria e me permitira viver aqui…

"Na verdade, eu acordei em uma floresta aqui perto e minhas memórias estão um pouco confusas, então não consigo me lembrar de muita coisa. Assim não sei se tenho pais ou uma casa, então gostaria de saber se você me permitiria viver aqui? Em troca em poderia ajudar nas tarefas pedidas!" - peço

Ao falar, pude notar que a feição do padre mudou. Não conseguia saber o que ele estava pensando exatamente, mas apenas esperei pela resposta dele em silêncio! Após um tempo ele fala.

"…Tudo bem, permitirei que você viva neste orfanato. Você dormirá no mesmo quarto que as demais crianças, além disso no turno da manhã você não precisa fazer nada, mas a tarde você devera ajudar a irmã Lily no que ela achar necessário" - Explica o padre - "Existe algum problema com isso?" - pergunta por fim

Ouvindo tais coisas apenas poderia acenar em agradecimento. Estava aliviado, havia encontrado um local onde poderia dormir e comer, além disso com o turno da manhã livre poderia treinar na floresta a manhã inteira…

"Eu agradeço, a propósito meu nome é Lucas" - me apresento sorrindo

"Lucas? Prazer, sou o padre desta igreja, Orsi, apenas me chame de padre. Agora pedirei para uma das crianças lhe mostrar a igreja. Além disso Suas tarefas começaram amanha"- fala o padre

Não demorou para uma das crianças vir para me apresentar a igreja, eu apenas poderia agradecer por isso…

Contents

    ···
    Tap screen to show toolbar
    Got it
    Webnovel
    Contents
    Roboto
    Merriweather
    Read novels on Webnovel app to get:
    DOWNLOAD APP
    MAYBE LATER